Sobre gerenciamento e motivação de profissionais técnicos

Há mais ou menos um ano tive a oportunidade de assistir ao curso Managing Technical Professionals and Organizations, no MIT Sloan School of Management. É um curso de dois dias, bem intenso. Normalmente nesses cursos eles dão a matéria de um semestre inteiro em dois dias, ou seja, é informação bem concentrada! Recomendo para qualquer pessoa que trabalha com alguma equipe técnica. Como somos de internet, sempre pensamos em equipe técnica como sendo a equipe de desenvolvimento de software e administração de sistemas. Mas há muito mais técnicos por aí: bioquímicos, farmacêuticos, biólogos, médicos, engenheiros mecânicos, civis, elétricos, astrônomos, físicos, matemáticos, etc.

A apresentação abaixo foi um resumo que fiz em umas duas horas para os gerentes da Locaweb sobre esse tema.

Gerenciamento de profissionais técnicos

Espremendo bem, o resumo do resumo do resumo é que gerenciamento de profissionais técnicos se resume a dois aspectos:

  • Estratégico: explicar o contexto.
  • Tático: remover impedimentos.

Para quem quiser ver a apresentação completa:

Motivação de profissionais técnicos

carrot-and-stick

Antes de mais nada, é importante lembrar que ninguém motiva ninguém! Ou a pessoa se sente motivada, ou não se sente motivada a fazer algo. Eventos externos podem ajudar ou atrapalhar a motivação de uma pessoa. Daí as principais funções de alguém que gerencia uma equipe serem explicar o contexto e remover impedimentos. E isso é importante para poder ter aquela gostosa sensação de progresso, de que estamos fazendo algo, construindo algo.

Recentemente li o artigo “What Really Motivates Workers” na Harvard Business Review que mostra uma informação importante. Fizeram um estudo para encontrar o que acontece em um excelente dia de trabalho. A resposta, em uma palavra: progresso.

great_day

E o conselho do final do artigo é:

Scrupulously avoid impeding progress by changing goals autocratically, being indecisive, or holding up resources. Negative events generally have a greater effect on people’s emotions, perceptions, and motivation than positive ones, and nothing is more demotivating than a setback—the most prominent type of event on knowledge workers’ worst days.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *