Juntando Tudo – Visão, Estratégia, Roadmap e OKRs

No capítulo anterior, sobre a fase de crescimento do ciclo de vida do produto, descrevi um conjunto de 4 ferramentas que serão de grande ajuda para o trabalho de gestão de produtos de software quando usadas em conjunto:

  • Visão: é a razão pela qual o produto existe. É o que guia todas as decisões sobre o produto. Ela fornece o contexto para a equipe de desenvolvimento de produtos tomar decisões sobre o que priorizar.
  • Estratégia: é o detalhamento das etapas a serem seguidas para aproximar seu produto da visão. A visão e a estratégia do produto são ferramentas de longo prazo, ou seja, ajudam a definir, comunicar e alinhar o caminho do seu produto pelos próximos 2 ou mais anos.
  • Roadmap: permite que você e sua equipe planejem e comuniquem a visão do futuro que você tem para o seu produto pelos próximos 12 meses. É importante ter roadmaps de 12 meses para fornecer detalhes adicionais do que está por vir. Você provavelmente poderá fornecer maiores detalhes dos próximos 3 a 6 meses, mas tudo bem. O objetivo do planejamento de 12 meses é ter a chance de verificar se as coisas a serem feitas posteriormente devem ser feitas mais cedo, e dar algum sentido sobre quando discutir o que não está sendo discutido para o próximo trimestre.
  • OKR: objetivos e principais resultados, ou motivação e métricas, ou seja, o que queremos alcançar e como saberemos que conseguimos? Os OKRs são compostos por duas partes, uma meta (objetivo) e 2 a 5 desfechos (principais resultados), indicando que o objetivo foi alcançado. Os OKRs são normalmente de curto prazo, ao longo de um trimestre. É possível ter
    OKRs de 12 ou 6 meses, mas como você já tem o roadmap de 12 meses como ferramenta de médio prazo, é melhor usar o OKR com uma frequência trimestral. Por algum tempo eu defendi a substituição de roadmaps, mas agora ficou claro que essas duas ferramentas juntas produzem melhores resultados. OKRs que fornecem planejamento e alinhamento a curto prazo. Roadmaps que fornecem planejamento e alinhamento a médio prazo.

Juntando tudo em uma imagem, aqui estão as 4 ferramentas de gestão de produtos:

Juntando tudo

Pensamentos Finais

Com este capítulo, concluímos a fase de crescimento do ciclo de vida de um produto de software. Entendemos como lidar com o feedback do cliente, o que é e como priorizar um roadmap. Também analisamos os mais variados tipos de métricas, incluindo funil de conversão, engajamento, churn, métricas financeiras globais e individuais, receita e churn negativo, NPS, métricas de lealdade, algumas considerações sobre métricas. Vimos o que é e como construir a visão e a estratégia do produto, ferramentas úteis para tomar decisões sobre o que será o futuro do seu produto e como chegar lá. E neste capítulo, vimos como essas quatro ferramentas (visão, estratégia, roadmap, e OKR) funcionam juntas para nos ajudar a gerir nosso produto com visões de longo, médio e curto prazo.

Mentoria de líderes de produto

Tenho ajudado líderes de produto (CPOs, heads de produtos, CTOs, CEOs, tech founders, heads de transformação digital) a extrair mais valor e resultados de seus produtos digitais. Veja aqui como posso ajudar você e a sua empresa.

Gestão de produtos digitais

Este artigo é mais um capítulo do meu livro Gestão de produtos: Como aumentar as chances de sucesso do seu software, onde falo sobre o que é gestão de produtos digitais, seu ciclo de vida, que ferramentas utilizar para aumentar suas chances de sucesso. Você também pode se interessar pelos meus outros dois livros:

2 thoughts on “Juntando Tudo – Visão, Estratégia, Roadmap e OKRs

  1. Joca, tudo bem?

    Temos experimentado utilizar os 3 Horizontes de Crescimento da McKinsey, adaptando-o à nossa realidade, para promover uma conversa colaborativa que traz consciência para o time (começamos pelas lideranças juntas em nosso time de dados) de onde devemos direcionar nosso capacity atual, para ações/entregas cujo impacto colhemos em curto (12m), médio (12-24 m) e longo prazos (24+ meses).

    Acho que complementaria esta sua visão que achei sensacional, pois conecta as pessoas na construção de um entendimento compartilhado e que pode ser rediscutido de tempos em tempos, sempre que houver um marco de revisão estratégica.

    Super recomendo.

    A propósito, estou aguardando a chegada de duas pessoas em nosso time, no início do próximo mês e gostaria de agendar aquele nosso papo sobre gestão de produtos de dados e gestão de produtos conectada à estratégia em escala!

    Nesse momento podemos, humildemente, compartilhar contigo um pouco sobre o que temos aprendido tb se interessar!

  2. Fala Henrique,

    Td jóia, e com vc?

    Sem dúvida é complementar. Adoraria conhecer mais!

    Abs,
    Joca.

Leave a Reply

Your email address will not be published.