Gestoras de produto precisam saber codar?

Esta é um tema um tanto controverso.

Tenho visto alguns debates interessantes sobre este tema nos grupos do Linkedin e WhatsApp na comunidade de gestão de produtos, então quero compartilhar minha experiência sobre este tema. Já compartilhei como parte do capítulo “Feedback e avaliação de desempenho” do meu livro Liderança de Produtos Digitais, mas talvez possa ser útil como um artigo separado possa adicionar mais foco sobre o tema.

Deixe-me começar com um “disclaimer“. O fato de duas pessoas discordarem não significa necessariamente que uma delas esteja errada.

Dito isto, a resposta curta a esta pergunta é depende! (=

A necessidade de entender o tema do produto

A necessidade de uma gestora de produto saber codar depende do tema do produto que ela cuida. Se o que a gestora de produto cuida é um produto mais técnico, é muito importante que ela tenha uma formação técnica. Alguns exemplos de produtos da Locaweb que são técnicos e precisavam de uma gestora de produto com formação técnica são Hospedagem de Sites, Cloud Server e SMTP. No entanto, mesmo empresas que não vendem produtos técnicos podem ter uma parte de seu produto com um viés mais técnico. Na Conta Azul tivemos APIs, integrações com fintechs (Iugu e Stone) e integração com os sistemas do governo para emissão de notas fiscais, e no Gympass tivemos integração com sistemas de gestão de academias e sistemas de RH. Para essas partes dos produtos, é importante ter uma pessoa gestora de produto com conhecimento técnico, pois a principal usuária do produto será uma pessoa técnica e o objetivo do produto é um objetivo técnico.

Por outro lado, um produto como a Loja Virtual da Locaweb, o app do usuário do Gympass ou o portal de busca de imóveis da Lopes são produtos feitos para o consumidor em geral. Na minha experiência, não é essencial que a gestora de produto tenha conhecimento técnico se ela gerencia produtos não técnicos. Na Conta Azul também tínhamos produto para contadores. Nesse caso era muito importante que a pessoa gestora de produto entendesse de contabilidade, a ponto de alguns de nossas gestoras de produto serem contadoras e as que não eram, precisavam passar por cursos para aprender contabilidade. Algumas das pessoas gerentas de produto da minha equipe que construíram produtos para contadores fizeram Faculdade de Contabilidade e até trabalharam como contadores antes de fazer a mudança de carreira para gestão de produtos.

Então isso é fundamental, uma gestora de produto deve, deixe-me repetir isso, DEVE entender sobre o tema do produto que ele irá gerenciar. Se for um produto técnico, um produto para desenvolvedores, será muito benéfico que a gestora de produto saiba codar. Se for um produto para contadores, quanto mais ela souber sobre contabilidade, melhor.

A necessidade de saber codar

Se o produto não for para desenvolvedores, como mencionei anteriormente, tudo bem se a gestora de produto não souber codar. Ela pode ser uma gestora de produto incrível, alcançar resultados incríveis tanto para seus usuários quanto para a empresa dona o produto sem saber escrever uma linha de código sequer.

No entanto, saber codar pode ser útil. O conhecimento técnico ajuda uma pessoa gestora de produto a entender como o produto é feito e, provavelmente, pode ajudá-la a ser uma gestora de produto melhor. Esse conhecimento pode ajudar uma gestora de produto a entender o trabalho feito pela equipe de engenharia e pode ser útil em muitas decisões sobre o produto, incluindo decisões de priorização e escopo. Aqui vão duas analogias que podem ajudar a entender melhor o benefício que saber codar traz para uma gestora de produto:

  • Um bom piloto de Fórmula 1 não precisa saber como o carro funciona, mas se o fizer, certamente poderá usar esse conhecimento para ser um piloto melhor.
  • Da mesma forma, um guitarrista não precisa saber cantar ou tocar baixo, bateria ou piano para ser um bom guitarrista, mas provavelmente esse conhecimento adicional pode ajudá-lo a ser um melhor guitarrista.

O conhecimento adicional pode trazer insights interessantes para a pessoa gestor de produto quando ela está cuidando de seu produto

Isso não significa que a gestora de produto precisa ser uma especialista em programação. Se ela não tem conhecimento de programação, seria interessante fazer um curso introdutório de lógica de programação e experimentar fazer seu primeiro aplicativo. Essa experiência só beneficiará a carreira dessa pessoa.

E precisa saber SQL?

Se a pessoa gestora de produto ainda não sabe, ela deve aprender SQL. O acesso aos dados está cada vez mais democrático e conhecer SQL é essencial para que a gestora de produto possa usufruir dos dados de forma independente, sem precisar pedir a terceiros para criar seus gráficos e dashboards. Quando colocamos o Metabase como solução de democratização de dados na Conta Azul, fiquei tão empolgado que passei uma semana inteira indo dormir às 2h, pois estava criando gráficos e dashboards para entender melhor como os produtos da Conta Azul eram usados. Foi tão divertido! (=

Resumindo

  • O fato de duas pessoas discordarem não significa necessariamente que uma delas esteja errada.
  • O gerente de produto DEVE entender sobre o domínio do produto que gerencia. Se for um produto técnico, um produto para codificadores, será muito benéfico que o gerente de produto saiba codificar. Se for um produto para contadores, quanto mais ela souber sobre contabilidade, melhor.
  • Se o produto não for para codificadores, tudo bem se o gerente de produto não souber codificar. Ela pode ser uma gerente de produto incrível, alcançar resultados incríveis tanto para seus usuários quanto para a empresa que possui o produto sem saber codificar.
  • No entanto, o conhecimento técnico ajuda um gerente de produto a entender como o produto é feito e, provavelmente, pode ajudá-lo a ser um gerente de produto melhor. Da mesma forma que um piloto de Fórmula 1 não precisa conhecer mecânica, mas pode se beneficiar desse conhecimento durante suas corridas.
  • Se o gerente de produto ainda não sabe, ele deve aprender SQL. O acesso aos dados está cada vez mais democrático nas empresas e conhecer SQL é essencial para que o gerente de produto possa usufruir dos dados de forma independente, sem precisar pedir a terceiros para criar seus gráficos e dashboards.

Mentoria de líderes de produto

Tenho ajudado líderes de produto (CPOs, heads de produtos, CTOs, CEOs, tech founders, heads de transformação digital) a extrair mais valor e resultados de seus produtos digitais. Veja aqui como posso ajudar você e a sua empresa.

Gestão de produtos digitais

Você trabalha com produtos digitais? Quer saber mais sobre como gerenciar um produto digital para aumentar suas chances de sucesso, resolver os problemas do usuário e atingir os objetivos da empresa? Confira meu pacote de gerenciamento de produto digital com meus 3 livros, onde compartilho o que aprendi durante meus mais de 30 anos de experiência na criação e gerenciamento de produtos digitais. Se preferir, pode comprar os livros individualmente:

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *